Menu

EXAMES E SERVIÇOS

VOLTAR

O Biolab Análises Clínicas possui equipamentos de última geração e uma equipe técnica altamente qualificada. Essa estrutura permite a realização de mais de 1.000 tipos de exames relacionados.

 
Buscar exames

Mnemônico + -
Descrição + -

Utilidade


Na população em geral podem ser encontrados indivíduos com altos
títulos de anticorpos e com ausência de quadro clinico sugestivo de
infecção aguda. Em caso de quadro clínico sugestivo, recomenda-se a
colheita de duas amostras: uma na fase aguda e outra 15 dias após,
quando a elevação do título de pelo menos duas vezes sugere o
diagnóstico. Em infecções herpéticas bem localizadas pode não ocorrer
estimulo antigênico para provocar elevação do título de anticorpos.


Material


Soro


Instruções


Jejum Não Obrigatório


DOWNLOAD PDF
 

Material


Soro


Instruções


Jejum Não Obrigatório


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O n-Hexano é um hidrocarboneto amplamente utilizado em diversos processos industriais como solvente orgânico na preparação de tintas, colas, extração de óleos vegetais, bem como diluente na produção de plásticos e borrachas, dentre outras aplicações. Após o processo de biotransformação, o principal produto excretado na urina de indivíduos expostos ocupacionalmente ao n-hexano, é a 2,5 hexanodiona. O n-hexano é prontamente absorvido por qualquer via, porém a intoxicação comumente ocorre pela inalação de seus vapores nas exposições ocupacionais ou quando é usado como droga de abuso. Pode produzir neuropatia periférica, e nas intoxicações graves: fraqueza, perda de peso, anorexia e cãimbras nas extremidades dos músculos inferiores.




Material


Urina 24 horas


Instruções


- Lavar as mãos e genitália antes da coleta.
- Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio em frasco próprio.
- Colher o jato médio da urina com retenção de 4 horas entre as micções.
- Colher urina de final de jornada de trabalho. Recomenda-se evitar a primeira jornada de trabalho da semana.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O vírus da Varicella zoster é responsável por duas síndromes
clinicas: a catapora e o Herpes Zoster. A catapora representa uma
grande ameaça a neonatos e indivíduos imunocomprometidos. O herpes
zoster é mais comum acima dos 50 anos, sendo frequente em pacientes
com imunidade comprometida por neoplasias, uso de drogas
imunossupressoras ou em crianças expostas ao vírus no período
neonatal. A presença de IgM ou alto título de IgG correlaciona-se com
infecção ou exposição recente, enquanto baixos títulos de IgG são
observados em adultos sadios. Na catapora, a IgM é detectada sete dias
após o rash, atingindo o pico em 14 dias. Quanto ao herpes zoster,a
IgM aumenta em torno do 8º e 10º dia após a erupção, com pico
geralmente no 18º e 19º dia. É importante ressaltar que as vacinações
induzem a síntese de IgG, embora a grande proteção seja do tipo
celular.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O vírus da Varicella zoster é responsável por duas síndromes clínicas: a catapora e o
Herpes Zoster. A catapora representa uma grande ameaça a neonatos e indivíduos
imunocomprometidos. O herpes zoster é mais comum acima dos 50 anos, sendo frequente em
pacientes com imunidade comprometida por neoplasias, uso de drogas imunossupressoras ou em
crianças expostas ao vírus no período neonatal. A presença de IgM ou alto título de IgG
correlaciona-se com infecção ou exposição recente, enquanto baixos títulos de IgG são
observados em adultos sãos. Na catapora, a IgM é detectada sete dias após o rash,
atingindo o pico em 14 dias. Quanto ao herpes zoster, a IgM aumenta em torno do 8º e 10º
dia após a erupção, com pico geralmente no 18º e 19º dia. É importante ressaltar que as
vacinações induzem a síntese de IgG, embora a grande proteção seja do tipo celular.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Quando paraproteínas são detectadas na eletroforese de soro, urina ou líquor, devem ser
classificadas pela imunofixação. As imunoglobulinas monoclonais, também chamadas de
paraproteínas ou Proteínas M, derivam de uma única linhagem de células plasmáticas que
podem produzir altas concentrações de um único anticorpo monoclonal que aparece como uma
linha estreita na eletroforese (ex.: mieloma múltiplo, macroglobulinemia de Waldestrom,
amiloidose, gamopatia monoclonal de significado indeterminado). A imunofixação, que
substitui a técnica de imunoeletroforese por ser mais sensível e rápida, combina as
técnicas de eletroforese e imunoprecipitação. Após a separação das proteínas séricas por
eletroforese, anti-soro (contra IgA, IgG, IgM, cadeia leve Kappa e Lambda) é colocado
sobre as frações separadas. As proteínas não precipitadas são lavadas e o imunoprecipitado
é a seguir corado. A presença de proteína M é caracterizada na imunofixação pela presença
de uma banda bem definida associada com uma classe de cadeia pesada (IgM, IgG ou IgA) e
banda de mesma mobilidade que reage com cadeia kappa ou lambda. Este método tem grande
aplicação na identificação de proteínas M presentes em pequenas quantidades, que são
difíceis de detectar por outros métodos.


Material


Urina 24 Horas


Instruções


- Refrigerar a urina desde o início da coleta.
- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avaliação de edema angioneurótico hereditário (doença autossômica dominante). 


Material


Plasma Citratado


Instruções


Jejum de 8 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Sua principal indicação é em confirmação diagnóstica do diabetes mellitus auto-imune, sobretudo de início tardio ou LADA (diabetes autoimune latente do adulto, predição do desenvolvimento de diabetes em parentes de primeiro grau de pacientes diabéticos do tipo 1,hiperglicemia transitória da infância e diagnóstico de recorrência de insulite auto-imune em diabéticos transplantados pancreáticos e monitoração durante o curso de imunoterapia. 


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade





Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório 8 a 14 horas ou conforme orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Auxílio diagnóstico e acompanhamento em doenças que cursam com aumento ou redução dos níveis de IgA, como na deficiência de IgA, doenças autoimunes e mieloma, entre outras. 


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os fatores de crescimento Insulin Like (IGFs) constituem uma familia de peptídeos com homologia estrutural a insulina, com potentes ações anabólicas e mitogênicas. No plasma os IGFs estão ligados a uma familia de proteínas ligadoras (IGFBPs), uma categoria composta agora por 10 membros. De todas as IGFBPs, a IGFBP-3 e a mais estudada, sendo a mais abundante na circulação e ligando aproximadamente 95% dos IGFs no sangue. Originalmente, acreditava-se que sua única função era o transporte das IGFs, modulando sua biodisponibilidade para seus receptores. Recentemente, entretanto, atividades da IGFBP-3 tem sido identificadas (em particular como agente apoptótico, inibindo a proliferação celular). Sua determinação e utilizada na avaliação de desordens do eixo GH-IGF-1.


Material


Soro


Instruções


Jejum desejável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Útil na avaliação da imunidade humoral e no auxílio diagnóstico e acompanhamento de mieloma da classe IgG, diagnosticado à eletroforese por pico monoclonal. A dosagem no liquor é Indicada em infecções do sistema nervoso central, neoplasias primárias do tecido encefálico, ou metástases e doença neurológica primária, em particular esclerose múltipla.


Material


Soro


Instruções


Jejum Não Obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avaliação da imunidade humoral; útil na avaliação de infecções agudas, por ser o primeiro anticorpo a se formar em reposta ao estímulo antigênico; útil na monitoração da terapia para macroglobulinemia de Waldenstron e neoplasias linfocíticas; avaliação de IgM no liquor 


Utilidade


O indice de HOMA é um cálculo simples fundamentado na dosagem de
insulina e glicose, ambas em jejum.
Podem ser realizados dois cálculos: HOMA IR que avalia a resistência
insulínica e HOMA BETA que avalia a capacidade de secreção de insulina
pelas células beta pancreáticas.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 a 14 horas ou conforme orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico de insulinoma; avaliação de hipoglicemias. 


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 a 14 horas ou conforme orientação médica


DOWNLOAD PDF
 

Material


Soro


Instruções


- Informar se o cliente está em uso de medicamento.
- Informar se o paciente ficou exposto ao Iodo.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade




Material


Soro


Instruções


- Ao iniciar a alimentação, marcar o horário, aguardar 2 horas, a
partir do inicio da refeição e retornar para colher o exame (chegar ao
laboratório 10 minutos antes da coleta).
- Pode-se ingerir água neste período.
- Se ingerir sobremesa, faze-lo logo após alimentação.
- A coleta deverá ser feita no mesmo dia da insulina em jejum (se
houver).
- Neste intervalo de 2 horas não poderá: chupar balas, mascar
chicletes, tomar cafe, chá, suco, sorvete, etc.
- O teste poderá ser colhido após qualquer refeição, de preferência
uma refeição habitual do cliente.


DOWNLOAD PDF
 

Material


Sangue total EDTA COM GEL - 2 TUBOS


Instruções


Preencher formulário : Questionário para Exames de Imunofenotipagem.
Dúvidas, consultar a triagem.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Utilizado para o diagnóstico de isosporíase, através da visualização dos oocistos. 


Material


Fezes


Instruções


- Fezes recente a fresco.
- Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário
para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar
coletor de urina, se necessário.
- Evitar o uso de talco, laxantes, antiácido, contraste oral (utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que
antecedem ao exame e no dia da coleta.
- Defecar em vasilhame limpo e seco.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O Índice de Saturação da Transferrina (IST) e a razão ferro sérico/
capacidade de combinação do ferro. A associação de ferro sérico e IST
abaixo dos valores normais e dado mais consistente de anemia
ferropriva. A transferrina é a proteína que transporta o ferro no
plasma. Em condições normais, 20 a 50% dos sítios de ligação do ferro
na transferrina são ocupados. Valores elevados ocorrem na
hemocromatose, talassemia, hepatites, gravidez, ingestão de ferro e
uso de progesterona. Na reposição de ferro, valores superiores a 100%
podem ser encontrados. Níveis baixos podem estar presentes na anemia
ferropriva, desnutrição e na anemia das doenças crônicas.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O teste é útil na monitorização da excreção de iodo após dose oral ou endovenosa dessa substância.


Material


Urina 24 Horas


Instruções


- Manter a urina refrigerada durante toda a coleta.
- Informar se o cliente está em uso de medicamento.
- Informar se o paciente ficou exposto ao Iodo.


DOWNLOAD PDF
 

Material


Urina


Instruções


- Colher preferencialmente no laboratório a 1ª urina da manhã ou com intervalo de 4 horas entre as micções. Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina e coletar o jato do meio.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


O ácido lático (lactato) é um intermediário do metabolismo dos
carboidratos, sendo o principal metabólito do glicogênio em
anaerobiose. Valores elevados são encontrados no pos-prandial, após
exercícios físicos, no choque, insuficiência renal, hepática,
intoxicação por etanol, uso de medicamentos (biguanidas, salicilatos,
barbitúricos), glicogenoses congênitas, anomalias do metabolismo de
ácidos graxos e aminoácidos. Níveis elevados de ácido lático no liquor são encontrados na meningite bacteriana, ao contrário da meningite viral, em que níveis normais são usualmente encontrados.


Material


Plasma Fluoretado


Instruções


Jejum não Obrigatório


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico de artrite reumatóide, síndrome de Sjögren e crioglobulinemia mista. Investigação de outros tipos de artrites e espondiloartropatias. 


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A dehidrogenase láctica (DHL) catalisa a conversão reversível de ácido láctico muscular em ácido pirúvico, um passo essencial nos processos metabólicos que, em última análise, produzem a energia celular.


Material


SORO


Instruções


PREPARO JEJUM NAO OBRIGATÓRIO


Utilidade


Avaliação de dislipidemias; avaliação de risco para doença coronariana. As lipoproteínas de baixa densidade (LDL - low density lipoproteins) são sintetizadas no fígado, sendo responsáveis pelo transporte do colesterol a partir do fígado para os tecidos periféricos.


Material


Soro


Instruções


- Jejum não obrigatório
- Atenção: Para pedidos com glicemia o jejum máximo é de 14 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Confirmação laboratorial em quadro de leishmaniose visceral


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade




Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Confirmação laboratorial em quadro de leishmaniose visceral


Material


soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A leptina é um hormônio peptídico , produzido principalmente pelos adipócitos ou células gordurosas, sendo que sua concentração varia de acordo com a quantidade de tecido adiposo. Na obesidade, os níveis de leptina estão aumentados. Além de seu conhecido efeito sobre o controle do apetite, evidências atuais demonstram que a leptina está envolvida no controle da massa corporal, reprodução, angiogênese, imunidade, cicatrização e função cardiovascular.


Material


Soro


Instruções


Jejum desejável de 4 horas.
Indicar peso e altura.


DOWNLOAD PDF
 
1 |  2 |  3 |  4 |  5 |  6 |  7 |  8 |  9 |  10 |  11 |  12 |  13 |  14 |  15 |  16 |  17 |  11 Páginas de 17