Menu

EXAMES E SERVIÇOS

VOLTAR

O Biolab Análises Clínicas possui equipamentos de última geração e uma equipe técnica altamente qualificada. Essa estrutura permite a realização de mais de 1.000 tipos de exames relacionados.

 
Buscar exames

Mnemônico + -
Descrição + -

Utilidade


Indica o número de neutrófilos, bastões ou segmentados, linfócitos, monócitos, eosinófilos e basófilos presentes no sangue.


Material


Sangue total EDTA


Instruções


Jejum desejável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Investigação da infertilidade feminina e masculina, amenorreia, oligomenorreia e outras irregularidades do ciclo menstrual, início da puberdade, puberdade precoce e monitoração do tratamento para estimulo da ovulação.



Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Principal fenotipo expresso em linfocitos T Citotoxicos. Celula que participa da resposta imune contra infecções virais entre outros processos. Ver Linfócitos subpopulação linfocitaria CD4, CD8 e CD3.


Material


sangue total em EDTA.


Instruções


Jejum Não Obrigatório
Transportar em temperatura ambiente (idealmente entre 18 e 22 °C).


Utilidade


Útil para no diagnóstico, no tratamento e no acompanhamento das disfunções metabólicas dos lipídios (dislipidemias), frequentemente associadas a quadros de obesidade.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.
Para pedidos com glicemia, o jejum máximo é de 14 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Monitoramento da subpopulação de linfocitos T auxiliares em pacientes portadores de HIV Ver Linfócitos subpopulação linfocitaria CD4, CD8 e CD3.


Material


Sangue Total EDTA


Instruções


Jejum Não Obrigatório


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Os lípides totais provem da absorção intestinal das gorduras e da síntese hepática e encontram-se no plasma sob a forma de complexos lipídicos e lipoprotéicos. Elevações são encontradas nas hipertrigliricidemias, hipercolesterolemias e hiperfosfolipidemias. Níveis baixos são encontrados na má absorção intestinal,
abetalipoproteinemia e doença de Tangier.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório igual ou superior a 12 horas com prazo máximo de 16 horas ou conforme orientação médica.
É recomendável a abstinência de álcool 72 horas antes da coleta, pois o álcool, qualquer tipo ou quantidade, pode interferir no exame


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Monitoramento dos níveis de lítio em pacientes medicados com carbonato de lítio (monitorização terapêutica do lítio).


Instruções


Jejum não obrigatório.
Informar medicamentos em uso, dia e hora da última dose.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Leucócitos não são encontrados normalmente no material fecal, razão pela qual sua presença indica processo infeccioso (invasão tissular) ou inflamatório do trato intestinal. - Leucócitos fecais em número aumentado costumam ser indicativos da presença de E. coli invasora, Salmonella, Shigella, e Yersinia, assim como de amebíase, colite ulcerativa, colite associada a antibiótico, colite pseudomembranosa e doenças inflamatórias intestinais idiopáticas. - Em algumas infecções bacterianas, infecções virais e giardíase, podemos não detectar presença de leucócitos nas fezes.


Material


Fezes


Instruções


- Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar coletor de urina, se necessário.
- Evitar o uso de laxantes, antiácidos, contraste oral (utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que antecedem ao exame e no dia da coleta.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico de pancreatites. A lipase tem sensibilidade e especificidade maior que a amilase para o diagnóstico de pancreatites (em parotidites não está aumentada). Valores aumentados: pancreatites (permanece elevada mais tempo que a amilase em fase aguda de pancreatite), cistos ou pseudocistos pancreáticos, peritonites.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade





Material


Soro


Instruções


Jejum desejável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico sorológico de infecções por Leptospira sp. A sorologia para o diagnóstico é de grande importância, uma vez que as manifestações clínicas da doença são polimórficas, dificultando, na maioria das vezes, a confirmação diagnóstica. Os anticorpos IgM são detectados 4 a 5 dias após os sintomas clínicos, podendo permanecer durante meses. O diagnóstico de leptospirose se baseia na história, no quadro clínico e nos resultados dos exames laboratoriais solicitados.


Material


Soro


Instruções


Jejum desejável de 4 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diante da suspeita clínica de leptospirose bem como no diagnóstico diferencial das síndromes febris (como a dengue). 


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Na sífilis primaria os teste VDRL e FTA-ABS (imunofluorescência indireta) positivam-se depois do cancro duro, com sensibilidade de 85%. Na sífilis secundária a sensibilidade da sorologia é de 99%. Na sífilis terciária, VDRL tem sensibilidade de 70% e FTA-ABS de 98%. VDRL: teste não treponêmico, utiliza como antígeno a cardiolipina que normalmente ocorre no soro em níveis baixos e apresenta-se elevado na sifilis. O VDRL é uma reação de floculação, apresentando alta sensibilidade e baixa especificidade. Torna-se positivo duas semanas após o cancro. Falso-negativos podem ocorrer na sífilis tardia. Entre 1 e 40% dos resultados de VDRL são falso-positivos: idosos, portadores de doenças auto-imunes, malária, mononucleose, brucelose, hanseníase, hepatites, portadores HIV, leptospirose, viciados em drogas, outras infecções bacterianas, vacinações e gravidez. Falso-positivos mostram títulos em geral ate 1:4, mas títulos maiores podem ser encontrados. Na avaliação do tratamento observa-se que na sífilis primária e secundaria, os títulos caem cerca de quatro vezes em três meses e oito vezes em seis meses, negativando-se em um a dois anos. A persistência de títulos elevados ou a não redução em quatro vezes dos títulos, após um ano de tratamento, pode indicar novo tratamento. Resultados positivos de VDRL no liquor são encontrados em 50% a 60% dos casos de neurosífilis, com especificidade em torno de 99%. Após tratamento, títulos caem entre três e seis meses, podendo demorar anos para negativarem. Linfocitose e aumento das proteínas são evidências de neurosífilis ativa. Testes treponêmicos: os testes de imunofluorescência (FTA-ABS) apresentam especificidade entre 96 e 99%. Menos de 1% dos indivíduos saudáveis tem FTA-ABS positivo, porém falso-positivos podem ocorrer em doenças auto-imunes, gravidez, hanseníase, malaria, mononucleose, leptospirose e infecções por outros treponemas. O imunoensaio enzimático tem estreita correlação com os resultados do FTA-ABS, apresentando como vantagem maior reprodutibilidade.


Instruções


Não há necessidade de jejum.


Utilidade


Avaliação de distúrbios hidro-eletrolíticos. É o quarto mais abundante cátion no organismo e 1% está contido no líquido extracelular.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


 Avaliação de função glomerular renal.


Material


Urina


Instruções


- Não fazer esforço físico durante o período de coleta.
- Evitar excesso de ingestão de líquidos.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avaliação de toxicidade pelo Mn. O exame pode ser realizado no sangue ou na urina, sendo esta última geralmente a utilizada para finalidade ocupacional.


Material


Urina


Instruções


- Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato do meio em frasco próprio.
- Colher o jato médio da urina com retenção de 4 horas entre as micções.
- Colher urina de início ou final de jornada de trabalho.
- Não colher em local de trabalho.
- Retirar o uniforme antes da coleta.
- Lavar as mãos e a genitália antes de colher.
- Especificar tipo de urina colhida (início ou final de jornada).


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Pesquisa de PRL elevada, geralmente em pacientes sem manifestações clínicas.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.
Repouso de 30 minutos.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avaliação de distúrbios hidroeletrolíticos (normalmente associada a hipocalcemia e hipopotassemia), alterações da absorção intestinal, pancreatite, insuficiência renal e monitoramento do tratamento com magnésio durante a toxemia gravídica. Os níveis de magnésio devem ser avaliados durante o tratamento de longa duração com medicamentos que diminuem os níveis deste elemento como a cisplatina, anfotericina B, aminoglicosídeos e furosemida.


Material


Urina 24H


Instruções


- Não fazer esforço físico durante a coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Mulheres: não realizar a coleta de urina no período menstrual.
A higienização da genitália é realizada com água e sabão neutro.
- Nas mulheres, lavar e secar sempre de frente para trás. Nos homens lavar retraindo o prepúcio para uma adequada limpeza do meato uretral.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Usado para o diagnóstico complementar das infecções causadas por
protozoários do filo Microspora. Adultos jovens desenvolvem infecção
subclínica, enquanto crianças podem desenvolver quadros agudos. A
infecção é mais importante em indivíduos imunocomprometidos,
principalmente portadores de SIDA, onde estão associados diversos
quadros: enteropatia, conjuntivite, sinusite, traqueobronquite,
encefalite, nefrite intersticial, hepatite, osteomielite e miosite. O
Enterocyton bieneusi é o principal causador da doença intestinal. O
esfregaço fecal corado com Chromotrope 2R não permite a identificação
da espécie.


Material


Fezes


Instruções


- Antes de coletar as fezes, se necessário, urinar no vaso sanitário
para evitar a contaminação do material. Em casos de crianças utilizar
coletor de urina, se necessário.
- Evitar o uso de talco, laxantes, antiácidos, contraste oral (
utilizado em exames radiológicos) e supositórios nos 3 dias que
antecedem ao exame e no dia da coleta.
- Defecar em vasilhame limpo e seco.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A metil-etil-cetona (MEC) é amplamente utilizada na indústria calçadista, moveleira, química, de tintas, beneficiamento de madeira, entre outras. Também é utilizada como solvente em removedores de tinta, adesivos e revestimentos poliméricos. A MEC excretada na urina pode ser utilizada como indicador de avaliação das exposições ocupacionais. A principal ação do MEC no organismo humano é a depressão do sistema nervoso central, com produção de narcose, potencialização da toxicidade de outros solventes, especialmente a hepatoxicidade do tetracloreto de carbono e a neurotoxicidade do hexano (inibição na biotransformação do metabólito 2,5-hexanodiona).


Material


Urina


Instruções


- Colher urina após retenção urinária mínima de 4 horas. Lavar as mãos, fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina e coletar o jato médio em frasco próprio.
- Colher urina de final de jornada de trabalho. Recomenda-se evitar a primeira jornada da semana.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


 Avaliação da intoxicação por mercúrio.


Material


Urina


Instruções


- Informar se o cliente é exposto ocupacionalmente.
- Informar se houve exposição acidental.
- Informar tipo de urina coletada (início ou final de jornada).
- Não colher em local de trabalho.
- Retirar o uniforme antes de iniciar a coleta.
- Lavar as mãos antes de colher.
- Colher urina após retenção urinária de 4 horas.
- Fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina, coletar o jato médio.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Diagnóstico e avaliação de feocromocitoma; diagnóstico de tumores produtores de catecolaminas; diagnóstico de hipotensão postural.


Material


Urina 24 Horas


Instruções


- O paciente deverá permanecer 24 horas antes e durante a coleta sem ingerir alimentos como café, chá, refrigerantes de cola e fumo, pois estes interferem no resultado:
- Deverá manter sua rotina diária evitando fazer esforço físico durante a coleta.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Informar horário inicial e final da coleta, peso, medicamentos em uso, dosagem, dia e hora da última dose.
- A higienização da genitália é realizada com água e sabão neutro.
- Nas mulheres, lavar e secar sempre de frente para trás. Nos homens lavar retraindo o prepúcio para uma adequada limpeza do meato uretral.
- Informar todo o volume urinário coletado no período de 24 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Detecção de toxicidade pelo metanol utilizado em sínteses orgânicas e como solvente de tintas, resinas, tinturas, adesivos e corantes; na composição de tintas e removedores, esmaltes, vernizes, misturas anticongelantes, combustíveis, como gasolina e álcool; na manufatura de filme fotográfico, plástico, celulóide, sabão para tecidos, couro artificial, índigo sintético, formulações impermeabilizantes, vidro inquebrável. 


Material


Urina


Instruções


- Colher urina após retenção urinária mínima de 4 horas.
- Lavar as mãos, fazer higiene da genitália com água e sabão, secar, desprezar o 1º jato de urina e coletar o jato médio.
- Coletar urina final de jornada de trabalho (recomenda-se evitar a primeira jornada da semana).


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Avalia possível toxicidade em trabalhadores de fabricação de ligas metálicas, soldadores, de indústria de cerâmica e de vernizes. 


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


 Exame útil para monitorização de indivíduos profissionalmente expostos a anilina e/ou nitrobenzeno. 


Material


Sangue total EDTA


Instruções


- Jejum não obrigatório.
- Recomenda-se coletar material ao final de jornada de trabalho. Evitar a primeira jornada de trabalho da semana.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


É o nome dado à detecção de pequenas quantidades de proteínas na urina (30 a 300 mg/24h) que tem importância no diagnóstico e na evolução da nefropatia diabética por indicar lesão potencialmente reversível. Também utilizada para detecção de albuminúria em pacientes com pré-eclampsia, hipertensão e lúpus eritematoso. Em geral, prediz em 1 a 5 anos o aparecimento de proteinúria franca.
Tratamento clínico rigoroso pode retardar o aparecimento e a progressão da microalbuminúria. Excreção elevada pode ser encontrada
em grávidas, após exercícios físicos, em quadros inflamatórios e infecciosos, na infecção urinária, na presença de hematúria e
proteinúria postural benigna. Pode ser realizado em amostra recente (corrigido pela creatinina) e em urinas coletadas em 12 ou 24 horas. Variações individuais de até 30% podem ocorrer. Na presença de proteinúria franca, valores de microalbuminúria podem ser falsamente baixos devido a ocorrência de "efeito gancho".


Material


Urina 24 Horas


Instruções


- Refrigerar a urina desde o início da coleta.
- Não fazer esforço físico durante o período da coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Útil para o diagnóstico das infecções causadas pelo Mycoplasma pneumoniae e é o mais sensível e específico para a investigação da infecção causada por este microorganismo.


Material


Soro


Instruções


Jejum obrigatório de 8 horas.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


A mioglobina é uma proteína citoplasmática da musculatura estriada cardíaca e esquelética.
Está envolvida no transporte do oxigênio dentro dos miócitos e funciona também como
reservatório de oxigênio.
A determinação da mioglobina no soro é um fator importante no diagnóstico do enfarte agudo
do miocárdio. A concentração de mioglobina aumenta logo 2 horas após a ocorrência de
sintomas, sendo, por isso, considerada um marcador muito precoce do enfarte do miocárdio.
Também podem ocorrer valores elevados de mioglobina após uso muscular excessivo (exercício
severos, convulsões, traumas); hipertermia; infecções virais; sepses; distrofia muscular;
miosites; uso de esteróides; intoxicações medicamentosas; isquêmias; imobilização
prolongada.


Material


Sangue total EDTA


Instruções


- Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


É o nome dado a detecção de pequenas quantidades de proteínas na urina (30 a 300 mg/24h) que tem importância no diagnóstico e na evolução da nefropatia diabética por indicar lesão potencialmente reversível. Também utilizada para detecção de albuminúria em pacientes com pré-eclampsia, hipertensão e lupus eritematosoo. Em geral, prediz em 1 a 5 anos o aparecimento de proteinúria franca. Tratamento clínico rigoroso pode retardar o aparecimento e a progressão da microalbuminúria. Excreção elevada pode ser encontrada em grávidas, após exercícios físicos, em quadros inflamatórios e infecciosos, na infecção urinária, na presença de hematúria e proteinúria postural benigna. Pode ser realizado em amostra recente (corrigido pela creatinina) e em urinas coletadas em 12 ou 24 horas. Variações individuais de até 30% podem ocorrer. Na presença de proteinúria franca, valores de microalbuminúria podem ser falsamente baixos devido a ocorrência de "efeito gancho".


Material


Urina 12 Horas


Instruções


- Refrigerar a urina desde o início da coleta.
- Não fazer esforço físico durante o período da coleta.
- O cliente deve manter sua rotina diária.
- Não é necessário aumentar a ingestão de líquidos, exceto sob orientação médica.
- Informar volume total do material ao fim da coleta.


DOWNLOAD PDF
 

Utilidade


Pesquisa de anticorpos IgG e IgM contra Plasmodium spp.


Material


Soro


Instruções


Jejum não obrigatório.


DOWNLOAD PDF
 
1 |  2 |  3 |  4 |  5 |  6 |  7 |  8 |  9 |  10 |  11 |  12 |  13 |  14 |  15 |  16 |  17 |  12 Páginas de 17